quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Modesto

      Não me troco por nada, por ninguém! Sou desse jeito assim: confuso, centrado, sarcástico, responsável, desistente, insistente, deprimido, extrovertido, observador, lutador e perdedor nato, aberto, reservado, expansivo, introspectivo, reflexivo, dramático mas sei fazer comédia, sou analítico, preocupado e também sou "pouco me importa". Sou muitas coisas ao mesmo tempo, sou ambivalente em quase todas as formas.. E eis o que tenho de melhor: minha personalidade! Inclusive ultimamente me percebi mutante: "já não gosto mais", "já não vejo mais", "agora eu entendo ou agora não", "antes eu era contra, hoje a favor" ou vice-versa. Pequenas coisas, grandes mudanças. Não troco minha maneira de encarar as coisas, a vida. Meu senso de humor único. Não troco o meu errado tampouco as minhas certezas.  E meu gosto musical então? Ele faz parte de meu informativo. Não troco meu jeito de fazer sexo e não uso nenhuma maneira se não a minha de ter um orgasmo. Eu gozo muito! 

    Não prefiro a maneira dos outros para coisa alguma. Nem minha irritação eu troco. Nem meus enganos. Nem meus quilos,  reclamações, minhas idéias, meus assuntos, meu conjunto. Menos ainda minhas tolices. Quanto a minha "caixa", sim, esta que acomoda meu espírito, bem, não sou nada bonito mas sou profundamente interessante e não troco meu estilo de vestir pelo de ninguém. Tenho ataques de riso, ataques de medo, ataques de choro. Sou praticamente um colapso nervoso e também sou aprendiz Zen. Sou um experimento e um eterno insatisfeito, intrincado em minhas duas doenças maiores "tempo e escolhas". Mas não me troco por nada nem por ninguém. Ninguém além de mim vai saber seguir além. Além das coisas que construo, derrubo e refaço. Além de meus passos. Eu sou uma história inacabada em diária reformulação. Eu sou onde estou e estou onde vou. Eu sou uma criação própria. Quem sabe uma aberração. Eu sou aquilo que eu sinto e eu sinto aquele que eu sou.

*********************************************************************************
Reeditado em 22/04/2015