quinta-feira, 21 de julho de 2011

Fragmentos de "Into the wild"...absorvidos por meu espírito...

"É um mistério para mim, termos uma ganância com a qual concordamos...E você pensa que tem de querer mais do que precisa e até você ter tudo não estará livre...Mas quando você quer mais do que tem e precisa seus pensamentos começam a sangrar...SOCIEDADE SUA RAÇA LOUCA ESPERO QUE NÃO ESTEJA SOLITÁRIA SEM MIM..."(Society_Into the wild_Eddie Vedder) "Tais são o caminho do mundo, você nunca sabe onde colocar sua fé e como ela vai crescer...Tal é a passagem do tempo rápida demais para conter e de repente engolida por sinais...Vou me erguer trazer de volta buracos e memórias ocultas...Vou me erguer, transformar enganos em ouro..." (Rise_Into the wild_Eddie Vedder) "Vou aproveitar esta alma que tenho dentro de mim agora tal como uma nova amiga que sempre conhecerei...Eu tenho esta vida e eu irei em busca de crescimento...eu sempre serei melhor do que eu era antes..." (Long nights_Into the wild_Eddie Vedder) "Vento em meus cabelos me sinto parte de todos os lugares...sob meu ser está uma estrada que desapareceu...Eu tenho a minha indignação mas sou puro em todos os meus pensamentos e eu estou vivo..." (Guaranteed_Into the wild_Eddie Vedder) Dedico estes fragmentos à duas grandes amigas e pessoas, cujos espíritos nunca fizeram parte das falsas criaturas interiores que habitam nossa sociedade...Por terem visto parte do mundo e voltado com a humildade e espiritualidade de sempre! Com amor para Helen Durgante e Adriana Bolzan)