sábado, 28 de julho de 2012

Nota sem tom

"Eis minha vida no agora, tornando-se em um punhado de tristes profundas canções."

Nenhum comentário: