domingo, 17 de setembro de 2017

Pensamentos distantes

É preciso esvaziar sentimentos. Esvaziar sentimentos e tentar encontrar uma maneira de continuar a caminhada com o vazio que alí ficará. Um vazio oco, um vazio que já tem mostrado os seus efeitos, um vazio. A retirada de sentimentos internos pode ser devastadora, mesmo que seja necessária, mesmo que não haja mais razões para mantê-los em mim. O olhar das lembranças repousa triste, quase sem sentido, quase imaginação não vivida e tantas perguntas conflitam em minha mente. Aqui, me sentindo novamente do lado de fora e aqui, do lado direito do peito uma queimação em brasa que não cessa mesmo que eu a negue com distrações.  A medida que o entendimento daquilo que não é para mim chega em grandes quantidades, isso me soa triste, tão triste que me diminui, quase me apaga. Outra vez carrego toda a responsabilidade do que sinto, outra vez outra luta interna. A dor emocional é transformadora: daqui em diante, já não sigo o mesmo. Meus pensamentos flutuam distantes...